Living Lab é tema de dissertação de mestrado aprovada na ESCS

Living Lab é tema de dissertação de mestrado aprovada na ESCS

Trabalho contou com 50 entrevistas a profissionais de diferentes campos sobre o futuro da televisão e dados do LLMCP

João Pinto Pico (em primeiro plano) é o novo mestre em Audiovisual e Multimédia

O estudante João Pinto Pico recebeu, no dia 3 de abril, o grau de mestre em Audiovisual e Multimédia pela Escola Superior de Comunicação Social (ESCS). O trabalho de projeto, intitulado “Onde, quando e como eu quiser: novos hábitos de consumo de vídeo e a morte da televisão”, foi desenvolvido no âmbito do Living Lab on Media Content and Platforms (LLMCP).

O trabalho de projeto abordou o surgimento de plataformas de vídeos, como o YouTube, e os novos hábitos de consumo audiovisual. Com base em 50 entrevistas a profissionais de diferentes áreas e dados sobre os hábitos online, o objetivo era analisar as consequências dessa transformação no futuro da televisão.

O júri era constituído pela professora Soledad Ruano Lopez (arguente), da Universidad de Extremadura (UEx), em Espanha, pela Professora Adjunta Sandra Miranda (presidente), da Escola Superior de Comunicação Social (ESCS), e pelo Professor Adjunto Filipe Montargil (orientador), também da ESCS.

As entrevistas do projeto podem ser vistas no site Comprimido.